Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

1°) o que vc acha dessa onda de vigilantismo que tem acontecido pelo Estados Unidos? de certo modo isso está meio que vindo pro Brasil, na sua opnião é viavel algo assim em nossa nação?

R.: Acho que isso deveria acontecer mais por aqui também. Um trabalho que admiro muito é o do nosso Amigo Gaúcho Negro. Pois na minha humilde opinião, vigilantismo não é sinônimo de violência.
Esta ação pode ser interpretada de diversas formas, como por exemplo:
- Ser vigilante do nosso Congresso Nacional. Acampar na frente do Plenário com uma roupa de Super Herói seria o máximo e uma forma de mostrar aos ratos, ops, aos políticos, que estamos atentos.
- O Gaúcho Negro mesmo, realiza trabalhos que devem ser seguidos, dentro de escolas, creches e mesmo pelas ruas, realizando uma AJUDA aos próprios policiais.
- Enfim, ser Vigilante é ser um exemplo para os outros Cidadãos; um exemplo a ser seguido, e uma força que CONTRIBUA para a Segurança Pública, prestada pelo Estado.

No entanto, o que só não pode ocorrer é uma SUBSTITUIÇÃO das forças do Estado. Caso contrário, o Vigilante se transforma em miliciano, e passa a exercer um PODER PARALELO.
...)

Foi bom porque pelo menos fez a galera rir um pouquinho..rsrs. E foi dando certo, as pessoas foram gostando. Consegui patrocínio e hoje consigo manter tudo direitinho, dividindo o tempo com a minha profissão.


3) Mais alguém apoia essa causa?

R.: Hoje, sim. Mas no início não. Muito pelo contrário: No princípio, as pessoas diziam que eu era maluco e ficavam me perguntando onde eu queria chegar com aquilo.
Talvez elas achassem que eu queria me candidatar a alguma coisa, ou mesmo ser chamado pra Globo..sei lá!... rsrs.
Na verdade, o que faço é o que qualquer pessoas faria. Proporcionar, através de uma plataforma eletrônica, a oportunidade das pessoas se expressarem e exercerem a sua Cidadania. Simples assim.


4) Por que faz uma imagem negativa de si mesmo, com fizeste nas perguntas da Bat-Cris?

R.: Nada como ser realista, não é verdade?
2) Como surgiu esse interesse pelo que faz?

R.: Amigo Tadeu, tudo começou assim:

http://www.youtube.com/watch?v=gwhalF7-xEU

(risos...) Pois é... Eu ‘pago mico’ desde criança.
Com a diferença que antigamente, não existia internet, câmera digital, e toda esta facilidade que essa molecada de hoje em dia tem para expor e remeter sua criatividade.

Sou da época do rádio px, do vinil, da fita VHS e daquelas filmadoras enooormes. Mas justamente por ser apaixonado pela comunicação, sempre brincava de fazer programas de Rádio e de TV, só não tinha a oportunidade de publicá-los, como temos hoje, com a existência da Internet e do Youtube.
A vizinhança é que pagava o preço, pois eu chamava toda a molecada pra me ajudar nestas gravações, e praticamente os obrigava, dando uma de “diretor” .. rsrs.

Mas o que ocorre hoje com o meu Site, é o resultado de ter juntado o útil ao agradável.
Estas entrevistas concedidas às TVs da Região me trouxeram uma quantidade grande de vídeos; e muitos deles ainda nem tenho como publicar porque estão em péssima qualidade.
Notei que pelas ruas, as pessoas me paravam dizendo que havia assistido as entrevistas, e que tudo aquilo tinha sido de muita utilidade pra elas. Foi assim que percebi que a Internet (e não só a TV) também pode ser usada como “utilidade pública”.

Passei umas 2 semanas assistindo vídeo-aulas do VEGAS STUDIO sobre como editar vídeos, encomendei pela internet todo o equipamento (microfone, canopla personalizada, etc) e mandei brasa!
O problema é que no início, eu fazia tudo sozinho, e não tinha ninguém pra filmar pra mim. Foi aí que surgiu a ideia do ‘chroma keyer’, onde eu poderia assim, interpretar todos os personagens juntos.
Comprei um pano verde, montei um estúdio no meu quarto e virei madrugadas assistindo vídeo aulas sobre Chroma keyer. O resultado foi este:

http://www.youtube.com/watch?v=TM6F8gV9Vxo

(...)
TADEU PERGUNTA:

Olá Ciro!
R.: Olá, Amigo Tadeu!

Pra começar quero parabenizar-te por seus serviços prestados à cidadania através dos vídeos
R.: Poxa, Amigo! Muito Obrigado! São comentários como os seus que nos incentivam a continuarmos indo em frente. Vindo do senhor fico ainda mais feliz, pois este tempo de convivência na Comunidade já puderam me mostrar que vc é um cara acima de tudo VERDADEIRO! Agora vamos às perguntas:

1)Se sente à vontade sendo o entrevistado e não o entrevistador?


R.: Esta ideia do Mestre Hell de “entrevistar” os membros da Comunidade foi muito boa para AGREGAR toda a Família. No entanto, eu me conheço, e sei que os meus comentários sempre afetam algumas pessoas, que apesar de serem minoria, me importo muito com elas, pois também são pessoas de qualidade.
Por isso, não é que eu não me sinta à vontade, é que me preocupo com as pessoas, e com o fato delas se sentirem ofendidas com algo que pra mim não tem a menor importância e que não tive a menor intenção de ofendê-las.

Eu gosto de microfones (“Humm...boiola!”) rsrs.. .Não, num bom sentido mesmo – Minha família tem uma Emissora de Rádio na minha cidade, e por isso cresci neste meio. AMO A COMUNICAÇÃO!
Desde criança participo de programas e sempre ligo pra uma Rádio ou outra pra participar (principalmente pra ‘meter pau’ nos políticos..rsrs).
Portanto, me sinto muito a vontade em qualquer dos lados do microfone; até mesmo porque acho que já me acostumei com eles, pois de vez em quando sou chamado para dar entrevistas sobre Direito em Canais de TV da minha Região, como estas aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=Y_cIBmNybss
http://www.youtube.com/watch?v=2s2iLaUCwi4

(...)
UTSCH PERGUNTA:

ah
como funciona akela kestao do Copyright?


R.: Copyright são os direitos autorais, protegidos por lei própria, que se estendem desde às criações materiais às propriedades intelectuais.
Não entendi muito bem o que o senhor especificamente gostaria de saber sobre este assunto que é tão abrangente.
Talvez seja sobre uma questão importante de direitos autorais, e que está criando bastante polêmica, que é a descriminalização da Pirataria.

Sou a favor da descriminalização da pirataria. Explico:
O artigo 184 do Código Penal Brasileiro está presente nesta questão. No entanto, há uma série de equívocos em relação à interpretação deste artigo, o que acaba por dificultar o entendimento do que é considerado crime pela legislação brasileira.
Por exemplo: Ele diz que é perfeitamente lícito você fazer uma única cópia para uso próprio, de uma música, um filme, etc, numa única via, sem a intenção do lucro.
Poderia o senhor, então, me perguntar: Então só quando rola grana é que passa a ser crime? Como definir isso?
- Pois é. A norma brasileira, mais uma vez, peca e deixa uma grande lacuna.

Por que ninguém, p.ex., é processado por download sem lucro? Justamente por esta “norma em branco” incidente no dispositivo penal citado acima.

Ou seja, uma coisa é vc COPIAR. Copiar um livro, um DVD, etc. (Vc está fazendo uma CÓPIA). Outra coisa é vc FABRICAR um produto (colocar uma marca nele que não é sua). Isto sim é uma FALSIFICAÇÃO, um CRIME.
COPIAR NÃO É CRIME. E as pessoas confundem muito estas coisas, quando usam o termo “PIRATARIA”.
BATMAN BEGINS
-> A ressurreição. FILME PERFEITO! Já assisti mais de 2000 vezes (sem exagero) e considero melhor até mesmo que TDK.
Trilha sonora que beira o preciosismo, elenco competente, roteiro brilhante, fotografia fiel, TUDO PERFEITO! TUDO MESMO!
Marcou o meu reencontro com o Batman, já que ele havia sido trocado pelos Livros de Direito. Nolan me trouxe a certeza de que um personagem como o Batman pode ser trabalhado (até mesmo no cinema) da forma criativa como ele realmente merece.

BATMAN O CAVALEIRO DAS TREVAS
-> A prova de que um Filme de Super Heróis pode atingir o grande público sem precisar seguir o clichê e destoar das HQs.
Um filme que provou pra todo mundo que o Batman pode ser o protagonista de Hollywood.
Mudou o conceito de filmes com super-heróis, o que pra mim foi muito bom, já que sempre preferi filmes assim mais coerentes do que uma comédia romântica da sessão da tarde.

BATMAN O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE
-> Está me fazendo ficar ainda mais apaixonado pelo trabalho de Nolan, Hanz Zimmer e Cia. A expectativa tem sido uma das melhores coisas do ano, e entrar nesta comunidade para ver as novidades vem sendo um dos meus passatempos favoritos.
Acredito que será épico. E na minha opinião, será mesmo muito melhor do que TDK, apesar de não ter um personagem forte como o Coringa.
Não me preocupo com a opinião do grande público; e é por isso que a minha expectativa é das melhores possíveis.
BATMAN FOREVER
-> O fim da linha. Um marco que contribuiu efetivamente para o cancelamento de minha assinatura das HQs, e para a minha desistência de acompanhar assiduamente suas histórias. Decepcionei-me com a substituição de Burton, e xinguei os aplausos do grande público, que encheu o bolso da Warner com as lágrimas dos Bat-Fãs.


BATMAN & ROBIN
-> Demorei meses para enfim assistir este Filme. Foi a ratificação da decepção.
Música ruim, roteiro ruim, elenco ruim, TUDO RUIM. Nada salvou; nem ao menos a inclusão da Hera Venenosa que sempre foi uma de minhas favoritas. Passei a ter repúdio pelo Robin a partir daí.
HELL PERGUNTA:

Comente sobre:

BATMAN - A SÉRIE (ANOS 60).


-> Teve a intenção de apresentar o Batman ao grande público mundial, e obteve sucesso com isso, apesar de ter sido injusta por retratar de forma infantil um personagem adulto.
Não se esperava que nos anos 60 tivessem uma tecnologia e uma produção cinematográfica que pudessem representar bem o Universo Batman; mas eu gostava (enquanto criança) da musiquinha, e dos “Ploc” “plac” “Tum” saltitantes na tela, na hora da porrada.

BATMAN O FILME

-> Sou de 1981. Em 89, eu tinha apenas 8 aninhos. Não entendia muito bem de cinema, mas estava ansioso para poder finalmente ver o meu personagem favorito sendo retratado de forma coerente nas telonas.
Danny Elfman foi muito feliz, e até hoje a sua trilha “corrói” a minha mente de forma permanente. Tim Burton deu o ar da graça – trouxe finalmente o Batman às Trevas (que era justamente onde nós gostaríamos de vê-lo após o colorido da série de 60).
Um filme que, para aquele momento, cumpriu muito bem o seu papel.

BATMAN O RETORNO

-> Não acrescentou muito. Muita explosão, muito “miau” e pouca história...
Mas valeu por poder ter matado a saudade sonora de Danny Elfman, e poder delirar com a Mulher Gato de Michelle Pfeiffer (eu ainda era um pré-adolescente em puberdade, cheio de espinhas e criando calos nas mãos...)
Um filme que merecia mais (até pela riqueza de seu elenco e roteiristas), mas eu torcia por um 3º com Tim Burton e acreditava na sua redenção...
HELL PERGUNTA:

Ciro, posso indicar o Jim como próximo entrevistado?
R.: Coitado do Comandante!! O que ele fez pra ser obrigado a se sentar aqui, sem nem ao menos uma escolha..?? rsrsrs... Mas é claro! Tudo bem, sem problema nenhum, meu Nobre! Curte HQ´s?
R.: AMO! Tenho sempre no mínimo uma dúzia delas na estante do banheiro para lê-las sem parar! Rsrs... Mas tenho perdido este costume de ler HQ impressa; tenho lido mais digitais.


Algum personagem além do Batman lhe atrai?
R.: Todos do próprio Universo Batman... rsrs. Na verdade, até os 5 anos eu era muito fã do Superman; até que percebi que eu não tinha mesmo super poderes e jamais iria poder voar sem estar num avião. Foi aí que apareceu o Batman, e compará-lo a outro personagem seria uma injustiça danada....
Mas eu gosto mesmo é de uma boa história, independente de com quem seja. Criatividade e coerência são as minhas prioridades pra curtir um gibi.


Como definiria o Batman?
R.: Indefinível. E é justamente por isso que ele é fascinante.
Se eu dissesse que o classifico como um cara sinistro, que tem como força motivadora da vida a necessidade de Justiça e que vivencia o sofrimento todos os dias, eu estaria sendo correto, mas ao mesmo tempo insuficiente.
O Universo do Batman é um infinito de características, e a complexidade do personagem é justamente o que mais me atrai.
A possibilidade de analisar a psicologia de personagens como o Coringa é uma das coisas que mais procuro devorar em qualquer tipo de leitura.
No Islã, a base do Direito é a Religião, eles possuem o seu Alcorão. Contudo, graças a Deus vivemos num país democrático. Caberia no nosso País, portanto, o questionamento e o estudo de nosso Regime Democrático, da elaboração de nossas Leis.
Caberia a nós a devida cobrança aos nossos Deputados, de uma Legislação que efetivamente nos organize. No entanto, vivemos num País ‘analfabeto político’, que prefere deixar as coisas como estão. A realidade é que não temos Leis que REALMENTE (na prática) funcionem, e quando elas surgem, já estão ultrapassadas. (afinal, a tecnologia caminha numa velocidade infinitamente superior ao avanço de nossas Leis.)
Então, se falta alguma coisa, é antes de tudo por omissão nossa, mais do que dos Eleitos que no Poder Legislativo estão.

Então é preciso dormir com um barulho desse, para que amanhã, quando acordarmos, possamos colocar pra funcionar na prática o Pais com o qual realmente sonhamos e que desejamos para os nossos Filhos, antes que vejamos as suas fotos íntimas estampadas em sites de pornografia.
ANSELMO PERGUNTA:


O que curte como hobby e lazer ?

R.: Sou um cara velho e chato. Consequentemente tenho uma vida chata (nem sei como a minha namorada ainda me agüenta...) Por isso, meu hobby e meu lazer se resumem a ler e escrever. Amo ler e escrever.
Tenho uma prateleira lotada de HQs, Livros de Direito e uma coleção completa do Paulo Coelho.... E só o que se encontra na minha casa é uma geladeira vazia, um fogão meia boca, violão e um monte de livros... :-)


É um prazer levar um papo com vc cara !!! Acho bacana os membros que curtem a comunidade com intensidade, me incluo no bando ... kkk

R.: GRANDE ANSELMO! O prazer é todo meu! Pra ser mais exato, é uma honra poder estar sentado nesta cadeira recebendo uma mensagem sua, sempre cheia de entusiasmo. Acho o entusiasmo uma das melhores qualidades de um ser humano, e admiro muito isso em vc! Também admiro muito as suas postagens, são sempre criativas, coerentes e de uma utilidade indispensável para a Comunidade. Por isso te peço para nunca deixar de participar, e fico muito feliz por encontrar aqui alguém que curta participar tanto assim como eu, pois desta forma, não fico me sentindo tão insano... hehe :-)
Obrigado demais pelo Carinho, meu nobre!
ANSELMO PERGUNTA:

Já teve que atuar em um caso que tenha-o levado a um dilema moral?
R.: Nunca. Acredito piamente na função institucional e social da Advocacia. Caso eu me depare com algum caso que seja contra os meus princípios, vou rejeitá-lo desde já, orientando o Cliente que procure outro Profissional.
Por isso, quando a pessoa entra no meu escritório, ela já fica sabendo que não será o dinheiro dela que norteará aquele caso, e sim, o desejo por justiça que deve ser coerente com os nossos princípios.

Certo; alguns indivíduos poderiam classificar isso como uma demagogia, ou qualquer outra coisa. Que se dane. Num mundo como o que vivemos hoje, com esta crise toda de paradigmas, onde “o certo está sendo o errado e o errado é o certo”, eu prefiro antes de tudo é colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilamente com a minha consciência.

Sabe, Amigo Anselmo, a Advocacia está sendo jogada muito no limbo.
Junto ao ramo policial, a Advocacia é uma das profissões que tem mais sido classificada como as mais corruptas e desonestas.
Fico muito triste quando vejo um recém formado em Direito desejando ser Advogado para ficar milionário e burlar a Lei. Esquecem-se do verdadeiro espírito do que é dito durante o Juramento de Formatura: Que a nossa função é ser um instrumento da Justiça e do exercício da Cidadania.
São estes os Jovens que são contra o Exame da OAB e que jogam a Advocacia no ralo. São estes os Operadores do Direito que mais tarde patrocinarão Traficantes como o Nem ou Fernandinho Beira Mar.
Infelizmente são eles, o futuro jurídico do Brasil.

Digna era a época do Direito Romano, onde os Advogados eram simples Cidadãos com nobre saber jurídico, e que não recebiam nada financeiramente pela defesa de um inocente.

ANSELMO PERGUNTA:

Como as leis brasileiras compreendem os casos digitais ? Já há alguma legislação específica? Estamos aptos? Já há alguma jurisprudência ou cada caso ainda é tido como pioneiro ?

R.:Em 2003, quando dei início ao meu TCC com o tema: “O Direito de Imagem na Internet: A Necessidade do avanço da Legislação brasileira no âmbito do Direito Eletrônico”, todos da Faculdade me chamaram de maluco, pois não existia qualquer Livro ou profissionais que abordavam o tema, o que me proporcionaria uma imensa dificuldade para a realização deste Trabalho.
No entanto, em contato com profissionais da área de Informática, como Hackers, Crackers e funcionários de empresas de segurança digital, pude conclui-lo, expondo inclusive seus depoimentos, o que me levou até o I Congresso Internacional de Direito Eletrônico, onde também pude expor a minha tese.
Por outro lado, já nos dias de hoje, milhares e milhares de pessoas já discutem o tema, pois ele é uma realidade inevitável e incontrolável, o que leva o Estado a necessariamente buscar a criação de Leis que nos tragam uma sociedade juridicamente pacífica.

Em novembro de 2009, foi sancionado o Projeto de Lei 11.829, que aumenta a punição e abrangência de crimes relacionados à pedofilia na Internet.
A iniciativa, no entanto, para ser efetiva, necessita de parcerias com provedores. Por isso, diante do corporativismo que emperra as Leis e não permite que elas funcionem, o Brasil já ocupa o TERCEIRO lugar no índice de pedofilia no mundo, segundo a Polícia Federal.

Entrevista: Ciro Jorge...

 
[OFF] Batman Brasil entrevista: CIRO JORGE III
 
Bat-Cristina pergunta:

Pra começar já com o pé na porta, vamos a entrevista de emprego.

- Cuidado com o meu nariz...


Suponha que a Batman Brasil é uma grande empresa e você está se canditando a vaga de "Auxiliar de moderação".

– Eu não sirvo pra isso, pois não ajudo em nada, só atrapalho. Portanto, mudemos o cargo para “Atrapalhado da moderação”

Logo, responda as questões abaixo:

– Opa! Alguém aí viu os meus óculos? De qualquer forma, vamos lá, né?


O que você acha da nossa empresa? – Uma incrível máquina de fazer chocolate.


O que mais te chama atenção na nossa empresa?

– Uma Turma muito bacana.


Quais suas qualificações para assumir essa vaga?

– Eu não tenho qualificação nenhuma. Sou um desqualificado.


Por que está se candidatando a essa vaga?

- Eu não estou me candidatando a esta vaga.


Por que deveríamos te contratar?

- Os senhores não devem me contratar.


Quais são seus pontos fortes?

- Sou incrivelmente chato.


E seus pontos fracos?

- Bumerangues.


Quais pontos a ser melhorados?

- Todos. Até aqueles que tomei quando caí de bicicleta.


Fale-nos sobre você.

- Um cara chato, mal humorado e sistemático.
UTSCH PERGUNTA:

Idade
R.: 30 aninhos.

Profissão
(vi ai q fez direito, se for msm, em q area vc atua?)
R.: Advogado Especialista em Direito Eletrônico e Tecnologia da Informação. Pós Graduado em Direito do Consumidor. Membro do IBDE – Instituto Brasileiro de Direito Eletrônico.

Podemos fazer parceria num eskema d lavagem d dinheiro?
R.: Não.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Mais uma do omelete, o maior site de entretenimento nerd do Brasil...

Morre Jerry Robinson, o criador do Coringa do Batman

Artista teve grande atuação na defesa de direitos dos criadores de quadrinhos

Érico Assis
08 de Dezembro de 2011

coringa
O quadrinista estadunidense Jerry Robinson  faleceu nesta quinta-feira de madrugada, de acordo com o blogGraphic NYC. Um dos nomes mais importantes nos primeiros anos do Batman, ele dedicou mais de sete décadas de carreira aos quadrinhos. Ele é famoso por ter co-criado Robin e Coringa.
Nascido em 1922, Robinson começou a trabalhar como assistente de Bob Kane, criador de Batman junto a Bill Finger, aos 17 anos. Sugeriu o nome de Robin, inspirado em Robin Hood, para o parceiro mirim do herói e participou na criação do vilão Coringa com Kane e Finger. Na década de 40, ele e Dick Sprang (1915-2000) foram os principais artistas do homem-morcego.
Depois de Batman, Robinson envolveu-se em tiras de jornal, como suas criações Still Life e True Classroom Flubs and Fluffs, e foi presidente das duas maiores associações de cartunistas dos EUA, a National Cartoonists Society (1967-1969) e a Association of American Editorial Cartoonists (1973-1974).
Na década de 1970, escreveu The Comics, um dos livros mais importantes sobre a história das tiras de jornal (recentemente republicado, com atualização, nos EUA). Também tornou-se grande defensor dos direitos dos artistas de quadrinhos, sendo célebre seu apoio aos criadores do Superman, Jerry Siegel e Joe Shuster, para reconquistar os direitos sobre o herói.
Além da atuação política em defesa dos autores de HQ, Robinson também virou Consultor Criativo da DC Comics em 2007, além de ter sido fundador e presidente do Cartoonists & Writers Syndicate.
Em visita ao Brasil, em 2000, para o lançamento de um documentário sobre sua carreira, Robinson sofrera um infarto.
A causa da morte ainda não foi divulgada. Ele tinha 89 anos.
Leia mais sobre Jerry Robinson

Como escolhi o meu lado na guerra...

um dia destes, estava observando umas formigas trabalhando, lutando pelo seu sustento, debaixo de um sol de 40 graus... detrás de uma folha surgiu um aranha, enorme, cabeluda, muito feia feia com dentes enormes e uma fome muito grande... avançava sobre as formigas, quando num gesto de reflexo a esmaguei com meu dedo nu... as formigas nem sequer perceberam o gesto da aranha, e nem sequer souberam o perigo que passaram... e com certeza, enfrentarão outros perigos, quando eu não estiver por perto para defende-las,  mas fiquei satisfeito em lhes dar mais alguns dias de vida... desde então, tenho me dedicado a defende-las com ou sem seu reconhecimento... os defensores dos direitos das aranhas, se soubessem o que faço, gritariam e diriam que não tenho esse direito, que não sou  Deus, e que as aranhas também tem o direito de viver e se alimentar... mas escolhi meu lado, e decidi que enquanto for vivo, farei o possivel para que as formigas vivam e trabalhem em segurança, sem me omitir...

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

 
SuperSuperDara

Localização: Salvador, Bahia, Brasil
Categoria: Serviços Públicos / Ativismo
As histórias são fundamentais. Se você quer que as pessoas lembre-se idéias que possam mudar e obter melhores resultados, contar-lhes histórias "
Estou aqui para ajudar a prevenir o abuso sexual de crianças usando o poder de contar histórias para mobilizar os adultos, famílias e comunidades a tomar medidas que protejam as crianças antes de serem prejudicados. Abuso sexual de crianças é um fato triste da vida em nossa sociedade. É mais comum do que a maioria das pessoas imagina. Algumas pesquisas dizem que pelo menos 1 em cada 5 mulheres e 1 em cada 10 homens recall abuso sexual na infância.
Acredito que  todas as famílias, tribos e sociedades precisam de contadores de histórias decisivas para constantemente incentivar, inspirar e guiar o seu povo de uma maneira positiva moral! My SuperSuperPower é entrar na imaginação das pessoas e interagir com os seus mais profundos sentimentos humanos de forma rápida, forte, livre, natural, refrescante e energizante, colaborativo, holística, persuasivo, divertido, forma, movimento memorável e autêntica usando o poder da Storytelling.I acredito fortemente que Storytelling é um dos principais itens fundamentais que podem mudar as coisas um pouco, tanto quanto a partilha de conhecimentos e colaboração estão preocupados porque entre outras coisas, ele quebra a maioria das diferentes barreiras tradicionais que têm sido em torno de nossa sociedade para long.That assim é o que contar histórias é tudo sobre:  ​​o poder ao povo para compartilhar histórias com os outros para que todos nós poderíamos aprender com um ao outro e, eventualmente, tornar nossa vida melhor.
Reais Atividades da VidaContar histórias para as crianças e adultos em Salvador, Bahia, Brazil.On o relógio para crianças atividade abusadores sexuais - alertar as crianças sobre abuso sexual das crianças e ensiná-los a se protegerem.
Tools of the Trade
  • Celular
  • Livros infantis
  • Contos, fábulas, folclore, mitos, lendas e histórias poderosas.
Se você quer ser destaque no Spotlight RLSH envie suas informações para entries@reallifesuperheroes.org
  • delicioso
  • digg
  • facebook
  • reddit
  • tropeçar
  • Twitter
  • rss

 10 Responses to "SuperSuperDara - RLSH Spotlight"

  1. Parar o abuso sexual infantil deve top tudo deve fazer listas.
    Assim que os problemas decorrem de muitos adultos inocência perdida.
  2. : Levanta a mão:
  3. avatar
    eu concordo com cap't preto 180%. abuso de qualquer natureza tem que ser o stop & preps deve responder pelo crime e ser punir.
  4. Por que você capitalizar a "Power of Storytelling", como ele é algum tipo de magia esotérica? 
    Iniciar nivelamento molesters criança ou ir para a faculdade de direito para que você possa processar criminosos sexuais se você realmente quer ajudar a prevenir as crianças ser estuprada.
    • Oi, Richard.
      Obrigado pelo seu comentário. Eu capitalizar a "Power of Storytelling", porque na vida real eu sou um escritor brasileiro e acredito Contar histórias é uma poderosa forma de prevenir o abuso sexual infantil.Eu uso alguns livros para falar sobre isso com as crianças e eu mesmo escrevi um livro que ensina as crianças a se protegerem contra molesters criança. O livro é chamado de "SEGREDO SEGREDÍSSIMO" (em Inglês: um segredo, um segredo real TOP / em francês: UN SECRET HYPERSECRET).
  5. Iniciar nivelamento molesters filho e você ser preso para o criminoso você é. Nada vale a pena matar alguém sobre Richard. Nunca. Enquanto eu aprecio sua intensidade em que desejam ajudar, não estamos vigilantes correndo por aí matando bandidos e fazer justiça com nossas próprias mãos. Nem devemos ser. Somos cidadãos tentando ajudar, não criminosos nós mesmos.
  6. Concordo com o Sr. Jack 
    Richard:. estou-me mais uma luta do que um contador de histórias como SuperSuperDara, mas devo conceed ela é um gênio total de 
    Nossa maior dificuldade no combate ao crime é encontrar crime, (i awlays disse que o único poder de super um herói precisa ser um herói é detectar o mal .. esta é a única que eu quero não, teletransporte ou voar ..) 
    O abuso sexual acontece no círculo privado (parentes muito tempo frome, família), um lugar onde podemos ' t interefere em ... 
    Ela encontrou uma das únicas maneiras de proteger essas crianças, e muito mais eficaz do que todas as lutas que você pode fazer ... 
    E SIM! eu acredito contar histórias é uma superpotência! (Muito, muito mais do que chutar bunda de bandidos)
  7. Estou pesquisando RLSH para um papel que eu estou escrevendo na minha classe Colégio Inglês e vou dizer Bastien você fala tão sabiamente e com o que eu encontrei de RLSH todos vocês estão no caminho certo. Eu mesmo passei por abuso sexual infantil e se eu soubesse ou tivesse sido conversado com respeito, então não teria acontecido de há tantos anos. O que SUPER SUPER DARA está fazendo é gênio e eu respeito-a tão muito. Obrigado por olhar para fora para as crianças em nosso mundo.
  8. Oi, Corrie. Obrigado pela palavras que você tipo.
  9. Oi, Corrie. Obrigado pelas suas amáveis ​​palavras.