Gaucho Negro!

Gaucho Negro!
Força e Honra

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

E tem gente que ja garantiu o seu fanzine O Espelho numero 1



O escultor Derli do Alegrete


A bela Bruna, esperando na CCMQ para ver um filme...


E o poeta Gilmar Silva, ja garantiram o deles...

Ta chegando o dia galera... todos estão convidados... Dia dos Quadrinhos na Feira do Livro de Porto Alegre



Fanzines que estarão a venda

Ovoverso 2 - Ceroni Cunha e Diorgi Tigre

23° Anime Xtreme ~ Como Foi?

Olá pessoal, tudo bem com todos?! Dias 16, 17 e 18 de Outubro aconteceu oAnime Xtreme, um dos maiores eventos de anime aqui do Rio Grande do Sul! Como sempre faço aqui no blog, vou contar um pouquinho de como foi essa edição do evento pra vocês! Como na sexta-feira eu não pude ir, somente irei mencionar os dias 17 e 18 (sábado e domingo),  então, vamos começar de uma vez!
Eu como Crona e o Grupo Cosplay de Soul Eater!

O Evento como sempre teve seu cronograma seguido a risca e os locais das Estandes, Palco Principal, Camarim Cosplay dentre outros se mantiveram os mesmos desde a última edição, o que facilitou muito pra achar os locais! No sábado, como podem ver na foto acima, eu fui com cosplay de Cronaacompanhada de uma galera que também estavam de cosplays do anime Soul Eater!

As Apresentações Cosplay aconteceram mais uma vez no final do dia, desta vez eu não competi, mas ajudei minha irmã, Débora Teach, sendo Staff (ajudante de palco) da apresentação dela! Foi uma experiencia bem nova pra mim, já fui staff mas nunca tive de fazer tanta coisa quanto desta vez o.O fiquei bem nervosa, mas no fim deu tudo certo e ela tirou o 2° lugar na categoria Individual Tradicional!*0*

Eu como Tia Dalma e o Grupo Cosplay de Piratas do Caribe

No Domingo o assédio dos fãs foi bem maior... como estávamos com grupo Cosplay dos Piratas do Caribe, foi quase impossível circular no evento XD cada minuto, uma foto, o que é uma coisa muito boa *0* eu adoro ver o carinho das pessoas que gostam dos personagens ao qual vc está vestido, é sempre maravilhoso! O nosso grupo ficou parado na entrada por horas por causa das fotos, para terem uma noção, a gente só conseguiu "fugir" pra almoçar umas 16:30 da tarde!

Em geral eu gostei do evento, o Anime Xtreme mantém o padrão de eventos deles quase sempre na mesma medida, porém, nesta edição senti que o foco foi BEM MAIS voltado para os Youtubers do que para os Cosplayers, e a cada ano parece que isso aumenta! Ao menos, desta vez, não teve correria desenfreada de fãs do Cellbit batendo nos cosplays da galera, já é um grande avanço! XD

Eu como Crona, saudades que eu tava do meu Ragnarok *0*

Obviamente que não dá pra reclamar do que o evento oferece: O Camarim Cosplay é gigantesco, entrada diferenciada para Cosplay, Fotógrafos convidados, Estúdio e Concursos Cosplay. Porém os mesmos não tem muita divulgação por parte da AFAR, o que deixa os "novatos" nesse ramo quase sempre perdidos neste meio... muitos nem sabiam que ia ter desfile no fim do dia, outros nem sabiam que tinha pré-inscrição e todo ano acontece do pessoal se inscrever na categoria errada!

Quase sempre acontece de poucos cosplayers apresentarem nos concursos, mas acho que isso é consequência da falta de divulgação da Afar em cima dos concursos! Na página do evento, por exemplo, vemos vários banners dosYoutubers convidados e quase nenhum dos Concursos Cosplay! Seria ótimo se, na futura edição, eles divulgassem mais para chamar mais gente e pros novatos terem consciência de que existe esses concursos e que eles podem participar!

Em geral o evento foi muito bom! Variedade de estandes, salas bem localizadas, praça de alimentação organizada e cronograma seguido à risca! Acho que a única coisa que falta mesmo é a divulgação dos concursos cosplay, que não tem quase nenhuma =/ daí é claro que pouca gente acaba participando! Enfim é isso, espero que tenham gostado da minha análise do evento!

CRÉDITOS: AnimePhoto, Cléverson Dias pelas fotos!

Fonte; http://brunacrona.blogspot.com.br/

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Ovoverso 1 - Por Ceroni Cunha e Diorgi Tigre

[Terra Zero Especial] Sávio Christi, símbolo da multiversidade




Rascunho.
Escrito por Phelipe Peregrino
Roteirista, desenhista, escritor, pintor, escultor e compositor. É com essa faceta multitalentosa que Sávio Christi, 30 anos, se identifica. Dono de uma mente criativa e rica, que é capaz de abordar uma infinidade de temas e gêneros, desde comédias – com sua dupla de pilantras Albert & Einstein – aos dramas eróticos – personificados através de sua personagem Márcia, a Prostituta.
Quem conhece Sávio apenas pela seu ativo e movimentado perfil em redes sociais, com sua atenção aos detalhes, escrita refinada e bem trabalhada, pode estar perdendo um inspirador lado de quem ele é. O lado que supera dificuldades e luta pelo sonho de ser reconhecido pela sua arte e por seus trabalhos.
Foi durante o evento de lançamento de suas obras Albert & Einstein – A Pilantragem e Albert & Einstein – Trapaceiros em Apuros que tive oportunidade de conhecer Sávio pessoalmente e sua mãe, Joan. Foi também durante esse evento, que os dois concordaram em conversar com a equipe doTerra Zero e contar um pouco de sua história.
Sávio Christi durante o evento de lançamento das HQ's "Albert & Einstein - A Pilantragem" e "Albert & Einstein - Trapaceiros em Apuros".
Sávio Christi durante o evento de lançamento das HQs “Albert & Einstein – A Pilantragem” e “Albert & Einstein – Trapaceiros em Apuros”.

A busca por uma solução
Desde o começo… Desde os primeiros meses de vida, eu notei que ele era diferente.
— Joan, mãe de Sávio.
Um caminho muito longo separa os momentos do Sávio criador, lançando seus trabalhos, compondo e desenhando, e de sua infância, com a luta de sua mãe em busca para entender e melhor se relacionar com suas dificuldades. Sávio passou por uma longa caminhada, entre médicos e especialistas, na busca de tentar entender a condição especial que ele apresentava. A partir dos quatorze meses de vida, Sávio era tratado por seus sintomas, sendo atendido por uma equipe de multiespecialistas que incluíam psicólogo, psicopedagogo, psicomotricista, fonoaudiólogo, arte terapeuta, psiquiatra e neurologista. Ainda assim, nenhum deles possuía um diagnóstico preciso para o menino.
A primeira pessoa a identificar a condição de Sávio foi a pedagoga da escola que ele frequentava. Ela indicou uma outra profissional, também pedagoga, que confirmou o diagnóstico apontado no colégio. Não satisfeita, Joan foi buscar uma segunda opinião.
Eu procurei o melhor psiquiatra de São Paulo. Cheguei lá, Sávio sentou. Ele pegou um papel e falou para o Sávio fazer um desenho. Sávio desenhou. Ele me falou: Seu filho tem Síndrome de Asperger.
— Joan, mãe de Sávio.
Arte de Divulgação, por Sávio Christi
Arte de Sávio Christi
Lidando com a Síndrome de Asperger
Quinze anos atrás […] ninguém sabia o que era isso, era um bicho de sete cabeças. Tanto é que eu fui em não sei quantos médicos e ninguém sabia.
— Joan
Finalmente tendo um diagnóstico, veio uma nova etapa: aprender a lidar com a condição que, nos anos oitenta, era virtualmente desconhecida por quase todos.
O portador de Asperger tem dificuldade de interagir com outras pessoas, apresentam dificuldades motoras e possuem maneirismos excêntricos e repetitivos. Além das dificuldades oriundas da Síndrome de Asperger, Sávio também teve um quadro de meningite com um ano, que deixou sequelas que prejudicaram seus movimentos finos, ou seja, os movimentos delicados da mão. Mais notavelmente, a criança com a condição da Síndrome de Asperger desenvolve um comportamento específico, quase obsessivo, em um interesse único, o que faz deles pessoas excepcionais em suas áreas de interesse.
No caso de Sávio, esse interesse específico é justamente pela arte, em seus diversos aspectos. Isso faz dele um estudioso dedicado em pintura, desenho, música, poesia, escultura, literatura e cinema.
Exposição de pinturas, por Sávio Christi.
Exposição de pinturas, por Sávio Christi.
Um histórico de bullying e violência
Meu filho sofreu muito bullying na escola, ele chegou a ser agredido na rua e ter o braço quebrado.
— Joan
Foi uma longa jornada para o autor alcançar seu patamar atual. Joan contou que Sávio tinha dificuldade para se relacionar na escola. Na creche, ele permanecia debaixo das mesas, durante todo o período escolar. No ensino médio, não fazia aulas de Educação Física e ficava andando pelo espaço da escola durante essas aulas. Por conta desse comportamento, Sávio sofreu muito bullying na escola, a ponto de ser agredido com violência. As pessoas não olhavam para ele com naturalidade. Até hoje ainda há discriminação, justamente por falta de conhecimento.
Eu vou lutar para que essa Síndrome seja mais aberta. Para que as pessoas saibam a dificuldade e o sofrimento de uma pessoa que tem Asperger. Porque todo mundo respeita autista, porque mais ou menos já sabem o que é. Mas Síndrome de Asperger? As pessoas não entendem um rapaz de 30 anos andando em círculo no shopping, mexendo com as mãos.
— Joan
Especial: Sávio Christi
Demétrio Doidão, o Derramador — O vilão sádico criado pelo Sávio. Divulgação.
Construindo um sonho e uma carreira
Enquanto conversávamos, Sávio me disse que seu sonho era ser reconhecido por sua arte e seus trabalhos. De fato, muito da jornada que ele vem construindo esta contribuindo para a concretização desse sonho. Os lançamentos de Albert & Eisntein – A Pilantragem e Albert & Einstein – Trapaceiros em Apuros foram sucessos que surpreenderam os vendedores da livraria durante o evento de lançamento (e se deve ser dito que, de todos os eventos de lançamentos a que este repórter compareceu na livraria, nunca havia presenciado um que fosse tão movimentado). O primeiro passo para a coroação dessa carreira foi dado com o convite do FIQ 2015 e o concomitante reconhecimento de sua importância, em um momento no qual a diversidade (ou, como preferimos no Terra Zero, a multiversidade) adquire cada vez mais importância.
Dedicatória assinada no meu exemplar de "Albert & Einstein - A Pilantragem"
Dedicatória assinada no meu exemplar de “Albert & Einstein – A Pilantragem”
É inegavelmente admirável ver a dedicação e o cuidado que Sávio Christi tem com seus trabalhos, seus personagens e suas criações. São estas características que fazem dele uma figura mais inspiradora e surpreendente, um símbolo maiúsculo da multiversidade, tão discutida neste ano e tão necessária em um ambiente criador cada vez mais aberto e livre, como são os quadrinhos atuais.

Fonte: http://www.terrazero.com.br/2015/10/savio-christi-simbolo-multiversidade/

Red Sonja - Cosplay





POLICIAL MATA TRÊS LADRÕES PRA DEFENDER SUA MOCHILA. QUE VENHAM AS OPINIÕES...


Matar por grana? Ele foi pior que os bandidos que só o roubaram. As mães com certeza iram sentir falta dos seus filhos...e se...pra um deles fosse o primeiro assalto..? E se...
Nos roubam todos os dias em câmera lenta...O governo nos rouba em taxas, impostos etc...
Então tem que colocar uma bomba 💣 no Governo e matar a todos corrúptos e hipócritas...porque na base de suas mentiras e promessas é que surgem tipos como esses caídos ae...aprenderam a roubar certamente por causa da falta de estrutura familiar e financeira que não os procede. Esse cara deve estar se sentindo Deus agora...e quem saiba faça bom proveito da grana tão preciosa...mas uma coisa é certa...a cena era provida de ladrões...não de assassinos...
6 pessoas curtiram isso.
Comments
Izac Michta Filho Ta agora eu te pergunto acha justo vc trabalhar para ter oq tem e vim alguem e te tirar a força???As maes vão sentir falta sim vão,mas sera q eles pensavam nas maes deles???e mais precisava roubar???e pra finalizar vi uma noticia de um filho de uma catadora de lixo que passou no vestibular com livros que a mae achava no lixo.Roubar não é belo e moral seja ele o ladrão de galinha ou seja ele o politico corrupto
CurtirResponder213 h
Gabriel Borba Eu vi esta reportagem na televisão o policial foi afastado, nada contra tua postagem ou opnião e sim pelo oq passaram, eu na minha opnião achei e acho q se fosse o policial morto ali no chão nem teriam passado na televisão, o policial hj em dia trabalha medo, ele pode trabalhar a carreira toda dele sem cometer um erro ou uma falha ai ngm mostra, mas em uma reação de momento de instinto ñ só pensando na mochila dele ou oq ele carregava e sim pela familia dele q o esperava em casa, mulher filhos... Toma essa atitude, mata esses 3, e agora talvez nem va poder seguir sua carreira, pq esses 3 indivíduos entraram no caminho dele para assalta-lo, esses msm 3 q os tal defensores dos direitos se dizem vitimas do sistema, mas tem mto pobre ai passando fome q ñ precisa roubar, pretendo seguir carreira de policial, e eu prefiro um policial vivo e talvez 5 bandidos mortos doq ao contrário, minha opnião sobre a matéria q foi passada.
CurtirResponder313 h
Anderson Ricardo Melo Pensasse na pobre mãe antes disso!
CurtirResponder11 h
Gilberto Rodrigues Rodrigues Toda açao tem a reaçao
CurtirResponder5 h
Gilberto Rodrigues Rodrigues Mas uma coisa o vagabundo sab nao foi ele q prego jesus na cruz é eles renaceram e uzam fardas kkkk tao pego
CurtirResponder15 h
João Carlos Fernandes Oliveira três vagabundos a menos pra roubarem nas ruas, coisa boa
DescurtirResponder12 h
Thiago Magnata Vamos botar pelo outro lado, se tivessem matado o pobre do policial alguém faria uma postagem criticando o sistema? Acho que a resposta seria "Não". Se o policial tivesse sido morto alguém pensaria nos pais dele? Na esposa? Nos filhos? Nos amigos e colegas que sentiriam a falta dele? Ninguém iria se importar com isso. Ser pobre não é desculpa para roubar, o sistema não tem culpa desses 3 terem virado ladrões. É mais fácil culpar o sistema do que admitir que apenas eles são os próprios culpados pelo que aconteceu. Aposto que estudar, se qualificar profissionalmente, acordar cedo, trabalhar esses 3 não queriam. Essa atitude de culpar o policial está completamente errada, a policia merece mais o apoio da sociedade, afinal ganham uma miséria pra arriscar a vida por pessoas que só os condenam. A atitude desse policial em ter matado os 3 bandidos está mais que correta, até porque lugar de bandido não é na cadeia e sim no cemitério onde não vai mais incomodar ninguém.
DescurtirResponder21 hEditado
Ceroni Cunha perfeito Thiago....
Ceroni Cunha
Escreva uma resposta...
Roger Peres onde foi isso? que estado?sou defensor dos direitos humanos, não sei detalhes desse caso... mas tenho que concordar, se alguem sai pra roubar esta correndo o risco da reação, não importa se foi a primeira vez, se deram mal de se darem de frente com um...Ver mais
Ceroni Cunha Antes a mãe deles que a minha... tomara que morram todos...